19/10/2016

Os passos para salvar aves marinhas

Clique para ampliar

Salvar a vida de uma ave marinha não é uma tarefa assim tão difícil. Por isso é tão importante a colaboração da população em geral para a identificação e recolha de aves marinhas encandeadas.

As aves marinhas, quando encandeadas, ficam desorientadas e chegam a colidir com edifícios, veículos e outro tipo de mobiliário urbano. Na grande maioria das vezes, precisam de ser recolhidas para mais tarde serem devolvidas ao seu habitat natural: o mar.

Para recolher uma ave marinha, deve seguir os passos indicados pela SPEA para que o procedimento não ponha em causa a sua segurança e a da ave. Certifique-se de que a ave não está ferida, caso contrário deve contactar o Instituto da Floresta e Conservação da Natureza logo que possível.

Ao recolher a ave e ao seguir os passos indicados, diga-nos que salvou uma ave marinha através do preenchimento do Formulário "Salvei uma Ave Marinha". Pedimos dados relativos à ave recolhida para que os possamos inserir nas nossas bases de dados para que a sensibilização em relação à poluição luminosa seja mais eficaz.

Ajude-nos a salvar as nossas aves marinhas e colabore na sua conservação. Para o esclarecimento de qualquer dúvida ou sempre que encontre um animal, contacte-nos através do nosso telefone 967 232 195 ou e-mail madeira@spea.pt.

Sem comentários:

Enviar um comentário